Salário Mínimo 2017 – Valor e Reajuste



O salário mínimo é um direito histórico conquistado pelo trabalhador brasileiro ainda na época do Presidente Getúlio Vargas. Essa remuneração é garantida pelo Ministério do Trabalho ao trabalhador para que este não possa ser pressionado pelas empresas a receber um salário com a qual não possa arcar com suas contas. Todos os anos o mínimo sofre um reajuste para corrigir o seu valor de acordo com a inflação, e o salário mínimo 2017 vai alcançar o patamar histórico de R$ 880,00, reajustado acima do valor da inflação. Isso significa que graças ao salário mínimo de 2017, o trabalhador vai poder manter o seu poder de compra, apesar das altas nos preços. Confira abaixo mais informações sobre o mínimo de 2017.

Salário Mínimo 2017

Salário Mínimo 2017

Valor do salário mínimo 2017

O Valor do Salário mínimo 2017 foi confirmado pelo Governo Federal em R$ 937,00, o que significa um reajuste de R$ 57,00 em relação ao salário mínimo de 2016. Essa alta do mínimo foi maior que nos anos anteriores, pois reflete a inflação do ano de 2016, que alcançou uma marca histórica, que há mais de 10 anos não era superada.

Tabela do Valor do Salário Mínimo 2017

Tabela do Valor do Salário Mínimo 2017

Anteriormente, em setembro de 2017, o Governo tinha cogitado a possibilidade de o novo Mínimo ser de pelo menos R$ 880,00. Mas como a inflação não foi controlada nesse meio tempo, como era a expectativa do Estado, o valor projetado para o salário mínimo teve que ser planejado para evitar que ele ficasse abaixo da inflação – o que configuraria situação de ilegalidade por parte do Governo Federal. O Salário Mínimo 2017 foi aprovado então pelo Senado Federal pelo valor de R$ 945,80, e agora foi decretado com o valor de R$ 937,00, o valor definitivo adotado pelo Governo Federal, e passará a valer a partir do dia primeiro de janeiro.

Reajuste do salário mínimo

O reajuste aprovado e assinado pelo Governo Federal para o Mínimo de 2017 foi de R$ 57,00 em relação ao salário mínimo de 2016. Isso significa um aumento de 6,47% em relação ao salário mínimo anterior e reflete o mal desempenho da economia. Apesar desta se a maior alta do mínimo já registada, ela não se reflete em um aumento real de consumo, já que o poder de compra do novo salário mínimo é de praticamente 0% em relação ao mínimo de 2016 – Ou seja, ele foi reajustado apenas para cobrir a inflação, mas o trabalhador não poderá comprar mais coisas do que no início do ano passado.

Além disso, vale lembrar que os beneficiários do abono salarial que receberem o PIS 2016 pelo calendário 2017 do PIS no início do ano, terão o valor já reajustado de acordo com o alor do novo mínimo.

Quanto é o novo salário mínimo?

O valor efetivo do novo mínimo é de R$ 937,00 mensais, pagos pelo Governo Federal. O novo mínimo entra em vigor a partir do dia 1º de Janeiro de 2017, e será usado para o pagamento de salário de trabalhadores, como base para o valor do Seguro desemprego, para o pagamento do abono salarial do trabalhador, para aposentadorias, além de servir de critério para o reajuste salarial de servidores, e de benefícios como o bolsa família 2017.

O que muda com o novo salário?

O aumento do mínimo afeta diretamente trabalhadores que recebem o abono salarial, aposentados pelo INSS, e ainda serve de base para o reajuste do Bolsa família 2017. Esse aumento é necessário para garantir que o brasileiro não perca poder de compra devido à inflação dos produtos.





Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Os comentários estão desativados.