O Documento Nacional de Identidade, também chamado de DNI, é um aplicativo digital que foi criado pelo Governo Federal. O seu intuito é reunir, em somente um local, vários dos títulos pessoais de um indivíduo, como CPF e RG.

Tendo sido oficializado recentemente pelo Estado, em fevereiro de 2018, esse documento foi elaborado a partir da Lei 13.444, a qual também determinou a sanção da ICN (Identificação Civil Nacional).

Documento Nacional de Identidade – DNI

Documento Nacional de Identidade – DNI


Para que o Documento Nacional de Identidade foi criado?

O principal pretexto que levou o Governo a instituir o Documento Nacional de Identidade foi o objetivo de proporcionar mais comodidade e maior proteção para os brasileiros. Com um registro digital capaz de agrupar todos os documentos civis de um indivíduo, por exemplo, a pessoa passa a ter acesso completo, de forma muito rápida e simples, aos seus títulos mais relevantes.


Quando o DNI deve ser disponibilizado?

De início, o Documento Nacional de Identidade está sendo disponibilizado apenas a um grupo seleto de pessoas, formado pelos servidores do MP (Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que estão testando o aplicativo. Porém, estima-se que o programa comece a ser liberado ainda neste semestre para os demais cidadãos, que poderão fazer o download dele gratuitamente no seu smartphone ou tablet.


Cadastro Biométrico

O único pré-requisito para que uma pessoa possa obter o seu Documento Nacional de Identidade é o de que ela efetive o cadastro biométrico, que tem o propósito de tornar esse registro mais seguro.

A fim de efetuar esse cadastramento, caso ainda não o tenha feito, a pessoa deverá ir ao cartório mais próximo de sua casa, portando um comprovante de residência atualizado e recente, o seu título de eleitor e um documento com foto (CNH, RG ou passaporte).

Veja também sobre:


Como Fazer o DNI?

Desde que possua o registro biométrico em dias, para gerar o seu Documento Nacional de Identidade, basta que o indivíduo:

  • Faça o download do programa “Documento Nacional de Identidade” – veja, logo abaixo, o modo de fazer isso;
  • Faça o seu pré-cadastro no aplicativo, indicando o que é requerido e solicitando o seu documento único;
  • Vá ao posto de atendimento sugerido pelo programa, a fim de que a sua biometria seja validada;
  • Entre no aplicativo instalado e veja se o documento já foi devidamente disponibilizado.

Obs.: é importante evidenciar que será preciso efetuar essa validação presencial toda vez que a pessoa obter outro telefone celular. Para o futuro, contudo, espera-se que seja possível fazer uso do reconhecimento facial para isso, evitando movimentações.


Aplicativo do Documento Nacional de Identidade

No momento em que o Documento Nacional de Identidade for possibilitado, para baixá-lo, basta que o cidadão:

  • Conecte o seu aparelho eletrônico à rede e acesse a loja de aplicativos dele;
  • Na barra de pesquisas, procure pelo “Documento Nacional de Identidade”;
  • Aperte em “Instalar”;
  • Leia todo o detalhamento do software e, caso concorde com o mesmo, clique de novo em “Instalar”.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...