Calendário de Vacinação Infantil 2018 Atualizado



Para a saúde de toda população não apenas das crianças, é necessário a vacinação, que é uma medida de prevenção essencial. É através das vacinas que crianças, idosos e adultos podem se proteger de doenças graves, protegendo-se de sofrimentos e até mesmo de longos tratamentos médicos. Abaixo você pode conferir o calendário de vacinação infantil, quais foram as mudanças no calendário e ver sobre o aplicativo de celular que avisa quando a vacina deve ser realizada.

Calendário de Vacinação Infantil 2018 Atualizado

Calendário de Vacinação Infantil 2018 Atualizado

Mudanças no Calendário de Vacinação 2017 e 2018

O Ministério da Saúde no ano de 2017 realizou algumas ampliações de acesso em cinco vacinas. Essas mudanças já foram aprovadas e as vacinas já estão sendo disponibilizadas para todo o público, inclusive nos postos de atendimentos do SUS (Sistema Único de Saúde).

Confira abaixo mais informações sobre a mudança em algumas das vacinas:

  • dTpa (difteria, tétano, coqueluche acelular): anteriormente essa vacina era disponibilizada para gestantes da 27ª a 36ª semana de gestação, com a mudança, a vacina já está sendo aplicada a partir da 20ª semana de gestação até 45 dias após o parto;
  • Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela): antes das mudanças no calendário de vacinação a vacina era disponibilizada apenas até os 2 anos de idade, agora a mesma pode ser aplicada até os 4 anos de idade;
  • Hepatite A: como na vacina anterior, a de Hepatite A era disponibilizada somente para crianças até 2 anos, agora está disponível também para crianças de até 5 anos;
  • Meningocócica C: para as crianças essa vacina era disponibilizada até os 2 anos de idade, agora ela pode ser aplicada até os 4 anos; já para os adolescentes, a vacina pode ser aplicada dos 12 a 13 anos de idade. Essa vacina realizada em duas doses de 3 a 5 meses, e um reforço de 12 meses;
  • HPV: O HPV anteriormente só era disponível para meninas de 9 a 13 anos, atualmente com a mudança, ela foi disponibilizada para meninos de 12 a 13 anos e para meninas até 14 anos. Como a Meningocócica a vacina do HPV também é aplicada em duas doses, com intervalo de 6 meses em cada uma delas.

Calendário de Vacinação Infantil 2018

IDADE VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
Ao nascer BCG – ID Dose única Formas graves de tuberculose
Vacina hepatite B Dose Hepatite B
2 meses Vacina pentavalente (DTP + HB + Hib)  1ª dose Difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b.
VIP (vacina inativada poliomielite) Poliomielite (paralisia infantil)
VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) Diarreia por Rotavírus
Vacina pneumocócica 10 (valente) Doenças invasivas e otite média aguda causadas por Streptococcus pneumoniae sorotipos 1, 4, 5, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19F e 23F.
3 meses Vacina meningocócica C (conjugada) 1ª dose Doenças invasivas causadas por Neisseria meningitidis do sorogrupo C.
4 meses Vacina pentavalente (DTP + HB + Hib) 2ª dose Difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
VIP (vacina inativada poliomielite) Poliomielite (paralisia infantil)
VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) Diarreia por Rotavírus
Vacina pneumocócica 10 valente Doenças invasivas e otite média aguda causadas por Streptococcus pneumoniae sorotipos 1, 4, 5, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19F e 23F.
5 meses Vacina meningocócica C (conjugada) 2ª dose Doenças invasivas causadas por Neisseria meningitidis do sorogrupo C.
6 meses Vacina pentavalente (DTP + HB +

Hib)

3ª dose Difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
VIP (vacina inativada poliomielite) Poliomielite (paralisia infantil)
9 meses Vacina febre amarela (viajantes para área com recomendação de vacinação) Dose inicial Febre amarela
12 meses SRC (tríplice viral) 1ª dose Sarampo, caxumba e rubéola.
Vacina pneumocócica 10 valente Reforço Contra doenças invasivas e otite média aguda causadas por Streptococcus pneumoniae sorotipos 1, 4, 5, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19F e 23F.
Vacina meningocócica C (conjugada) Reforço Doenças invasivas causadas por Neisseria meningitidis do sorogrupo C.
15 meses VOP (vacina oral poliomielite) 1º reforço Poliomielite (paralisia infantil)
Vacina hepatite A Dose única Hepatite A
DTP (tríplice bacteriana). 1º reforço Difteria, tétano e coqueluche
SCRV (tetra viral)  Dose única Sarampo, caxumba, rubéola e varicela.
4 anos DTP (tríplice bacteriana). 2º reforço Difteria, tétano e coqueluche
VOP (vacina oral poliomielite) 2º reforço Poliomielite (paralisia infantil)
Vacina Febre amarela (viajantes para área com recomendação de vacinação) reforço Febre amarela
9 anos (meninas) HPV quadrivalente 2 doses Infecções pelo Papilomavírus Humano 6, 11, 16 e 18.

Calendário de Vacinação para Gestantes 2018

VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
Gestantes Hepatite B – a depender da situação vacinal Doses Hepatite B
Dupla adulto (dT) e/ou dTpa tipo adulto – a depender da Doses ou reforço dT: difteria e tétano dTpa: difteria, tétano e coqueluche

Calendário de Vacinação do Adolescente 2018

IDADE VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
11 a 19 anos Hepatite B – a depender da situação vacinal 3 doses Hepatite B
Dupla adulto (dT) – a depender da situação vacinal 3 doses ou reforço Difteria e tétano
Tríplice viral (SCR) – a depender da situação vacinal 2 doses Sarampo, caxumba e rubéola
Febre amarela (viajantes para área com recomendação de vacinação) Dose inicial ou reforço Febre amarela
12 e 13 anos (meninos) HPV quadrivalente 2 doses Infecções pelo Papilomavírus Humano 6, 11, 16 e 18.
12 e 13 anos (meninos e meninas) Vacina meningocócica C (conjugada) Reforço ou Dose única Doenças invasivas causadas por Neisseria meningitidis do sorogrupo C.

Calendário de Vacinação do Adulto 2018

IDADE VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
20 a 59 anos Hepatite B – a depender da situação vacinal 3 doses Hepatite B
Dupla adulto (dT) – a depender da situação vacinal 3 doses ou reforço Difteria e tétano
Tríplice viral (SCR) – a depender da situação vacinal 1 dose Sarampo, caxumba e rubéola
Febre amarela (viajantes para área com recomendação de vacinação) Dose inicial ou reforço Febre amarela

Calendário de Vacinação do Idoso 2018

VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
60 anos e mais Hepatite B – a depender da situação vacinal 3 doses Hepatite B
Dupla adulto (dT) – a depender da situação vacinal Doses ou reforço dT: difteria e tétano
Febre amarela (viajantes para área com recomendação de vacinação) Dose inicial ou reforço Febre amarela

Veja também:

Calendário de Vacinação

calendárioTodas as pessoas devem realizar as vacinas quando necessário, e o calendário de vacinação do ano de 2018 foi montado pela Sociedade Brasileira de Imunizações, a qual determinou quais as vacinas que devem ser tomadas por bebês, gestantes, crianças e adultos.

A Sociedade Brasileira de Imunizações organizou todas as vacinas independentemente do local onde as mesmas são oferecidas. Sendo assim, você pode optar por realizar as vacinas no SUS ou em clínicas particulares.

Todas as tabelas possuem recomendações da SBIm para cada tipo de vacina e para público, abaixo você pode clicar nos links e fazer o download das tabelas.

Aplicativo de Celular

Além de organizar o calendário de vacinação a Secretaria Brasileira de Imunizações produziu um aplicativo, o qual avisa quando a vacina deve ser tomada. Esse aplicativo está disponível para Android e iOS, no App basta que você realize um cadastro básico e assim, obterá informações sobre vacinas e o local onde elas estão disponíveis.

Outra vantagem desse aplicativo é que ele fornece informações sobre o local onde as vacinas podem ser adquiridas tanto para a rede pública, como para a rede privada. Segundo as datas de aproximação das vacinas, o aplicativo gera um alerta para que você não esquece de realizar a vacina.

Aplicativo Minhas Vacinas

Aplicativo Minhas Vacinas

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Os comentários estão desativados.