Como se cadastrar no Bolsa Família

Para fazer parte do programa Bolsa Família é necessário realizar o Cadastro Bolsa Família, assim você se candidata a receber o benefício. Além disso, é preciso estar sempre atento as regras do programa.

O Bolsa Família é um programa social criado pelo Governo Federal, para que as famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza possam ter uma qualidade de vida melhor, tendo acesso à educação, alimentação, saúde, emprego, etc. Desde a sua criação, o programa já auxiliou milhares de famílias.

Cadastro Bolsa Família 2019

Quem pode se cadastrar

Como dito acima, para ter direito a fazer o Cadastro Bolsa Família é preciso estar em situação pobreza ou extrema pobreza, e além disso, é necessário seguir alguns outros requisitos. Saiba como são classificados os grupos familiares abaixo:

  • O grupo familiar que se enquadra na categoria de extrema pobreza são os que possuem renda mensal de no máximo R$ 89,00, por cada integrante da família.
  • Já os grupos familiares que se enquadram na categoria de pobreza são os que possuem renda mensal entre R$ 89,00 e R$ 177,00.

Mas essas famílias só terão direito de receber o benefício se tiverem no grupo familiar componentes que sejam: gestantes, crianças e adolescente até 17 anos.

Onde se cadastrar

A inscrição no CADÚNICO deve ser feita no CRAS da sua cidade.

Ao visitar o CRAS, solicite sua inclusão no CADÚNICO. Após seu cadastro ser processado, se você se enquadrar nas regras do benefício, vai receber automaticamente o cartão de saque do bolsa família.

Como se Cadastrar

Para se cadastrar no Bolsa Família é preciso comprovar que os membros da sua família necessitam desse auxilio, no entanto, o cadastro no programa deve ser feito de forma presencial.

  • Inicialmente para se cadastrar no programa é preciso fazer um cadastro no CadÚnico (Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal). Para isso, basta ir até ao setor responsável pelo Bolsa Família na prefeitura da sua cidade.
  • Depois de se cadastrar no Cadastro Único, é preciso então fazer o Cadastro no Bolsa Família. Para isso, é necessário ter em mãos alguns documentos, como:
    • CPF;
    • RG;
    • Título de Eleitor;
    • Carteiro de Trabalho – de todos os membros da família.
    • Conta de água, luz e telefone;
    • Documentos que comprovem a renda do grupo familiar.
  • Depois de realizar os cadastros acima, é preciso esperar pela seleção, a qual é realizada pelo MDS – Ministério do Desenvolvimento Social. Nessa seleção existem alguns critérios que são avaliados, como a renda de cada membro da família.

O Cadastro Bolsa Família é muito simples de ser realizado, no entanto, fique sempre atento aos requisitos e os processos que precisam ser realizados.

Lista de documentos necessários

Como dito acima, para ter direito de receber o Bolsa Família é necessário realizar alguns cadastros e depois aguardar a avaliação do seu grupo familiar.

Para que você consiga realizar esses cadastros corretamente é necessário ter em mãos os seguintes documentos:

Para o titular do benefício:

  • CPF
  • Documento de Identidade com foto
  • Título de eleitor

Para os demais membros do grupo familiar:

  • CPF
  • Documento de identidade com foto (se tiver)
  • Certidão de nascimento ou de casamento (caso não tenha documento de identidade)
  • Título de Eleitor (se tiver)

Documentos que não são obrigatórios, mas que podem ajudar no cadastro:

  • Comprovante de endereço
  • Carteira de trabalho (se tiver)
  • Comprovantes de renda
  • Comprovantes de matrícula escolar

O membro familiar que for responsável por realizar esses cadastros deverá levar no ato do cadastro todos os documentos do grupo familiar, para que assim, sua renda possa ser comprovada.

Valores pagos para membro cadastrados

O valor do Bolsa Família nem sempre é o mesmo, isso irá variar de acordo com a renda da família e com a composição do grupo familiar.

De maneira geral, o benefício é calculado através da composição dos seguintes benefícios:

  • Benefício básico: benefício para famílias de baixa renda que não tenham crianças em sua composição (exemplos: casais, pessoas que moram sozinhas ou famílias em que todos são adultos);
  • Benefício variável: permite o cadastro de até 5 indivíduos de 0 a 15 anos de idade ou gestantes – paga R$ 41,00 por cadastro;
  • Benefício variável jovem: permite o cadastro de até 2 indivíduos, entre 16 e 17 anos de idade – paga R$ 48,00 por cadastro;
  • Benefício para famílias em extrema pobreza: Permite até 1 cadastro por cartão, para famílias com renda mensal de até R$ 89,00 por mês. O valor vai de R$ 0,01 a R$ 89,00 mensais. Esse benefício é pago para famílias que, mesmo recebendo os outros benefícios do Bolsa Família ainda tenham renda mensal inferior a R$ 89,00 por pessoa em média.

Para ter mais informações basta acessar o site da Caixa Econômica Federal.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...